2/7/2021

Você sabe o que é um síndico profissional?

Com o crescimento dos condomínios no Brasil, a figura do síndico profissional vem se destacando. O título, de primeiro momento, pode causar certa dúvida. Afinal, estamos acostumados com síndicos condôminos, que administram e moram dentro do condomínio.

No entanto, com a revisão do Código Civil Brasileiro, em 2002, em seu artigo 1.347 (Lei 10.406/02), houve uma abertura para a presença de um síndico profissional na administração dos condomínios. Mostrando também sua importância, profissional capacitado e especializado, com gestão imparcial que é fundamental para manter a organização e a ordem. 

Leia também: O Mercado Imobiliário pós-pandemia


Mas, afinal, o que é um síndico profissional?

síndico profissional

Explicando de maneira simples, o síndico profissional é uma pessoa contratada pelo condomínio para desempenhar a função - claramente - de síndico de um local. 

Ao contrário do síndico condômino, o profissional não mora nem possui imóvel no condomínio, ele faz apenas a gestão. Algo que a lei brasileira até alguns anos não permitia e mudou com o artigo 1.347 (Lei 10.406/02). Além de ser treinado para exercer tal atividade.


"A Assembleia poderá escolher um síndico, não condômino, para administrar o condomínio, por prazo não superior a dois anos, o qual poderá renovar-se".


O síndico profissional é um prestador de serviços (PJ). O tempo de contrato desse gestor é de, geralmente, dois anos.. Mas que pode ser renovado mais uma vez pelo mesmo período, caso haja interesse. Por não ser um morador, ele não está sujeito às regras estabelecidas para os condôminos, tendo autonomia para aplicar as medidas cabíveis para manter a ordem no local.


Quais são as atribuições de um síndico profissional?

Atribuições síndico profissional

São inúmeras as atribuições de um síndico profissional, indo desde pagamentos até manutenção e mediação de brigas, uma vez que é responsável por administrar o condomínio. 

A rotina dele se divide, geralmente, entre visitas e planejamento. As visitas costumam acontecer semanalmente, segundo o que é acordado na contratação. O síndico profissional conversa com a equipe do condomínio, às vezes com alguns dos moradores, visitando os espaços e entrando em contato com a realidade do condomínio. No que se refere ao planejamento, estes são realizados no escritório ou na casa do profissional. É quando ele busca soluções para os problemas que aparecem e pensa em melhorias para a comunidade.

Entre as principais atribuições do síndico profissional estão:

  • Administrar o condomínio; 
  • Cuidar e gerenciar os fundos de reserva; 
  • Lidar com as demandas dos moradores e mediar conflitos; 
  • Organizar o cronograma de obras e manutenções; 
  • Fiscalizar a inadimplência e as ações judiciais do condomínio; 
  • Organizar as reuniões de assembleia e garantir que os moradores sejam notificados; 
  • Coordenar a equipe de funcionários contratados e terceirizados; 
  • Garantir a organização e preservação das áreas comuns do condomínio.


Como se tornar um síndico profissional

Por se tratar de uma profissão autônoma, pautada em prestação de serviços, qualquer pessoa pode desempenhar essa função. Há cursos específicos para a área (Curso de Síndico Profissional), que oferecem treinamentos e certificações para ajudar a entrar no mercado. 

Embora a lei brasileira não exija que o síndico tenha concluído um curso específico, é fato que aqueles com maior conhecimento se destacam, e os cursos e certificações garantem isso. Além do mais, os condomínios buscam profissionais capacitados para fazer a gestão de seus bens, logo, ter uma especialização dá vantagens para quem aspira atuar como profissional.


Quais as vantagens de ser um síndico profissional

Vantagens síndico profissional

Listamos abaixo algumas das principais vantagens em ser um síndico profissional:


1 – Salário garantido

O salário de um síndico profissional é pago através das taxas condominiais, que são uma obrigação prevista em lei, ele não deixa de receber o seu salário. Ou seja, é algo garantido.

 

2 – Flexibilidade de horário

Por esta profissão não requerer o cumprimento de uma carga horária definida, o síndico tem a flexibilidade de fazer seus horários, bem como pode trabalhar em mais de um condomínio.

 

3 – Possibilidade de home office

O síndico profissional consegue realizar suas atividades sem precisar sair de casa, uma vez que não precisa visitar o condomínio diariamente, além de ter flexibilidade de horário.

 

Vale a pena ser um síndico profissional?

Mesmo que o trabalho de síndico profissional não seja fácil, considerando que lidar com todas as questões administrativas de um condomínio e seus moradores é uma enorme responsabilidade, desempenhar esta atividade traz ótimas vantagens profissionais e, sim, vale muito a pena para quem tem o interesse.

Você é um síndico profissional e quer desburocratizar sua contabilidade? Nós da Account iremos ajudar em tudo o que precisar, desde a abertura gratuita de CNPJ até a migração para a contabilidade digital.
Deixe com a gente!
Para saber mais, cliquei aqui para entrar em contato com um de nossos contadores, e eles darão todas as informações que você precisa.

Quer uma contabilidade completa, simples e acessível?

Preencha o formulário abaixo e um de nossos consultores entrará em contato com você!

Nosso time de especialistas entrará em contato em breve através do email e telefone informados.
Ocorreu um erro para processar sua solicitação. Por gentileza tente novamente.

Últimos Posts